4 de dezembro de 2017 - Em:

Assú já dispõe de projeto para ação de controle populacional de animais errantes

Já está pronto um projeto técnico, concebido na esfera do Setor de Endemias, da Secretaria Municipal do Assú, que atenderá a necessidade de implementação de uma política pública objetivando assegurar o controle populacional de animais de rua, notadamente cães e gatos. A proposta, idealizada pelos agentes comunitários de endemias Kamilla Carvalho e Marcos Martins, servirá de base para a ação que será sugerida à gestão local, segundo transmite a coordenadora do Setor, Karielly Medeiros.
Ela conta que, além da criação do projeto, ela pôde – em companhia da veterinária Kênia Suênia e o vereador Stélio Sá Leitão – conhecer, dia 20 de novembro passado, o Centro de Zoonoses de Natal, onde é realizado um ótimo trabalho, contando com a contribuição da Universidade Potiguar-UnP. Karielly Medeiros afirma que a visita foi bastante útil para ver de perto a maneira de atuação, experiências positivas e até leis que tratam acerca do assunto com riqueza de detalhes.
A coordenadora do Setor de Endemias frisa que o que é proposto à Prefeitura, é a celebração de um convênio público-privado – matéria que passará pelo crivo do setor de licitação – para possibilitar um programa de controle populacional de animais de rua (cães e gatos) em Assú. Relembrou que esta ação, e também a constituição de um Centro de Zoonoses, estão inseridos no Plano de Governo do prefeito Gustavo Montenegro Soares. Kamilla Carvalho garante que o projeto tratará excelentes frutos na diminuição dos casos de zoonoses e epizootias.

Imagem: Ilustração/Assessoria