5 de outubro de 2017 - Em:

Prefeitura e Promotoria visitam área escolhida para abrigar aterros e o lixão

Nesta quinta-feira, dia 5, uma equipe do Ministério Público e da Prefeitura do Assú se reuniu para tratar da situação da área localizada na zona rural do município que está sendo trabalhada pelo Poder Executivo para receber os aterros controlado e sanitário no município e a consequente relocação do local no qual ocorre o despejo do lixo domiciliar do município. Chefiou a comitiva do Ministério Público a promotora Fernanda Bezerra. A representação da Prefeitura contou com os secretários Marcelo Galvão (Obras Públicas) e Jonaelson Medeiros (Meio Ambiente), dentre outros servidores dos dois órgãos.

A agenda foi iniciada com a visita “in loco” ao terreno escolhido pela Prefeitura para acolher os aterros controlado e sanitário. Depois, a comitiva das duas instituições foi ao lixão para verificar a atual realidade do citado espaço. Em seguida, ocorreu um encontro de trabalho na sede das Promotorias de Justiça da comarca, oportunidade em que se tratou da celebração de um Termo de Ajustamento de Conduta-TAC, fixando novos prazos com referência à remoção do lixão e implantação dos aterros, visto que o documento anterior, pactuado em 2015, não foi cumprido pela gestão passada.

Para o secretário Marcelo Galvão, “a ação que está sendo encampada pelo governo do prefeito Gustavo Soares é inadiável e de fundamental importância para o município por tratar diretamente da busca de solução para questões ambientais e de saúde pública, além de resolver o problema crônico no qual se transformou o atual lixão da cidade”. O secretário Jonaelson Medeiros frisou que “a Prefeitura fez ver à Promotoria Pública sua real preocupação no sentido de agir para dar uma resposta positiva à questão do lixão, pois esta é uma orientação direta do prefeito Gustavo Soares”, frisou.

Imagens: Alex Silva/Assessoria