Facebook
27 de agosto de 2018 - Em:

Acesso de jovens à música objetiva revitalização da Cantilena de Flauta Doce

A ideia construída entre as secretarias de Educação e Cultura (por meio da pasta adjunta de Cultura) e de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação, tendo a importante contribuição do maestro Britto Silva, no sentido de incluir a formação musical entre as atividades oferecidas aos jovens e adolescentes atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento e Convivência de Vínculos – SCFV, em Assú, poderá gerar, como um dos frutos, a reativação da Cantilena de Flauta Doce do município. A hipótese é admitida pela secretária Helenora Rocha, que crê que até o final do ano possa ocorrer a primeira apresentação dos membros da orquestra infantil.

 

O secretário adjunto de Cultura, Paulo Sérgio Sá Leitão, frisa que a iniciativa vai permitir o surgimento de novas revelações no campo da musicalidade no município. O projeto já iniciado tem como foco estimular a participação dos jovens e adolescentes assistidos pelo programa no universo musical, trabalho orientado e conduzido pelo maestro Britto Silva e que tem sua parte didático-pedagógica desenvolvida no interior da Casa de Cultura Popular Sobrado da Baronesa. A secretária Helenora Rocha disse que a revitalização da Cantilena de Flauta Doce também será útil como escola preparatória dos futuros membros da Orquestra Filarmônica Maestro Cristóvão Dantas.

Imagem : Paulo Sérgio



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras