Facebook
25 de março de 2017 -

Comitiva de Assú tratou em Encontro Estadual sobre ações relativas ao projeto “Criança Feliz”  

A fim de encaminhar providências objetivando a efetivação do projeto “Criança Feliz” no município, uma equipe da Prefeitura se dirigiu na manhã desta sexta, dia 24, à capital do estado, para compromisso na Escola de Governo. A delegação foi constituída pela secretária executiva de Desenvolvimento Humano, Rizza Montenegro; a secretária de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação, Helenora Rocha; e, o presidente do CMAS-Conselho Municipal de Assistência Social, Carlos Júnior. A adesão do município ao projeto, do Governo Federal, mereceu a concordância do prefeito Gustavo Soares.

O 3º Encontro da Assistência Social, realizado pela SETHAS-Secretaria Estadual do Trabalho, Habitação e Assistência Social e pelo CEAS-Conselho Estadual da Assistência Social, reuniu cerca de 400 gestores e conselheiros municipais do setor, para debater a importância do SUAS-Sistema Único da Assistência Social. Essa terceira edição teve como tema “A Gestão e o Controle Social no Fortalecimento do SUAS” e trouxe o coordenador geral de Gestão Descentralizada e Participação Social, do MDSA-Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, André Yosan, e a diretora da Proteção Social Básica, Renata Ferreira, que trataram da gestão da Política da Assistência Social e do projeto “Criança Feliz”.

O “Criança Feliz” incentiva as famílias a cuidarem melhor das suas crianças, através de visitas promovidas por assistentes sociais do Governo Federal, orientando essas famílias de como o tratamento deve ser feito, de como a amamentação deve acontecer e também de algumas dicas de nutrição infantil. O projeto busca o acompanhamento das famílias mais de perto através da contratação de mais assistentes sociais. Segundo informação da secretária executiva Rizza Montenegro, a agenda também tratou da realização da Conferência Municipal de Assistência Social, parceria da Prefeitura e do CMAS.

Foto: Imagem ilustrativa



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras