Facebook
TEMPO ASSÚ
Céu parcialmente limpo
26°C
 

Escola municipal foi palco da 7ª edição do projeto Estaleiro de Saberes

Com o tema “Auto Esculturas Escritas: Narrativas de experiências de Vida com a Matemática” foi realizada sexta-feira última, dia 4, nas dependências da Escola Municipal Monsenhor Júlio Alves Bezerra, localizada na comunidade rural de Nova Esperança, em Assú, a 7ª edição do projeto Estaleiro de Saberes. A ação tem a participação de instituições tais como a Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN, e a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN.

A oficina, vivenciada entre 8 e 30 e 16 horas, foi ministrada pelo professor Visitante Estrangeiro da UFRN, Fredy Enrique Gonzalez, do Centro de Educação, e teve como clientela professores da rede pública dos municípios de Assú, Ipanguaçu, Pendências e Alto do Rodrigues. Estaleiro de Saberes é um projeto de extensão universitária vinculado à Pró-Reitoria de Extensão – PROEX da UFRN. Segundo transmite a secretária de Educação e Cultura, Shirley Pinto, é uma iniciativa que visa facilitar a auto formação e a atualização de professores do Ensino Fundamental no município de Assú.

O projeto se realiza por meio da partilha e do diálogo de conhecimentos e experiências entre os pesquisadores do Grupo de Estudos da Complexidade – Grecom, da UFRN, que desenvolveram e desenvolvem pesquisas na região da Lagoa do Piató e os professores do município. “Este projeto tem tido uma importância singular no processo de formação continuada dos nossos docentes e vem se somar a uma série de ações que a gestão Gustavo Soares-Sandra Alves tem realizado no sentido de capacitar melhor nosso professorado municipal”, falou a secretária Shirley Pinto.

Imagens: Jota Ribamar/Reprodução