Facebook
TEMPO ASSÚ
Céu quase limpo
23°C
 

Prefeito tratou com gestor paroquial sobre festa de São João diante do cenário atual

Atendendo convite formulado pelo prefeito do Assú, Gustavo Montenegro Soares, o padre Carlos Ítalo Nogueira, administrador da paróquia de São João Batista e, temporariamente, à frente também da paróquia da Bem Aventurada Lindalva & São Cristóvão, se fez presente nesta terça-feira, dia 7 de abril, ao gabinete do chefe do Executivo, para uma reunião que envolveu diversos assuntos, dentre os quais a hipótese de não realização da festa socioreligiosa de São João Batista neste ano, em decorrência do coronavírus (COVID-19). O encontro foi testemunhado pelo secretário municipal de Governo, Clebson Corsino, e pelo diácono Antônio Carlos Ferreira.

O gestor transmitiu ao sacerdote que já havia disponibilizado a dotação orçamentária prevista pela Prefeitura para a festa do padroeiro ao setor de saúde para o que for necessário e indispensável ao enfrentamento à pandemia. Além disso, Gustavo Soares relatou ao pároco que, dentro da preocupação prioritária do governo municipal no sentido de preservar a integridade da população diante da ameaça viral, está sob análise da gestão a hipótese de decretação de Estado de Calamidade Pública diante de uma possível evolução do quadro de ocorrências. Caso a opção por tal medida seja decidida, o fato em si, jurídica e legalmente, inviabiliza o envolvimento do Poder Público na realização, por força da vigência do Decreto.

Imagem: Paulo Henrique



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras