Facebook

Seminário Municipal de Educação Inclusiva inicia nesta quinta-feira

A crescente demanda de crianças portadoras de necessidades especiais na rede pública escolar e a necessidade inadiável de discutir e instituir políticas públicas que aprimorem a prestação de serviços educacionais a este segmento merecerá um amplo espaço de debate para o amadurecimento de ideias e propostas com tal objetivo. A atenção do governo Gustavo Soares/Sandra Alves em relação ao assunto está sendo materializada com a realização, nestes dias 26 e 27 de abril, do 1º Seminário Municipal de Educação Inclusiva: Desafios e Perspectivas.

A abertura, nesta quinta-feira, 26, será vivida no Cine Teatro Pedro Amorim, às 19 horas. As oficinas, no dia 27, sexta-feira, a partir de 8 da manhã, transcorrerão no Campus Avançado Prefeito Walter de Sá Leitão, da UERN. Segundo informação da professora Shirley Pinto, secretária de Educação e Cultura e integrante da comissão responsável pela organização, o evento também terá o papel de repassar informações para o corpo docente da rede municipal com o intuito de qualificar a atuação desta categoria junto ao público-alvo, qual seja, os estudantes portadores de necessidades especiais.

Shirley Pinto declarou que, embora voltado para o professorado dos setores urbano e rural do município, o Seminário também reservará vagas para educadores da rede pública estadual e do setor privado de ensino em Assú. A educação inclusiva trata-se de uma reestruturação da cultura, da prática e das políticas vivenciadas nas escolas de modo que estas respondam à diversidade dos alunos. É uma abordagem humanística, democrática, que percebe o sujeito e suas singularidades, tendo como objetivos o crescimento, a satisfação pessoal e a inserção social de todos.

Imagem: Deybson Werick/Assessoria



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras