1 de dezembro de 2017 - Em:

Cerca de 100 (cem) expositores são aguardados para a 3ª edição da Feira da Lua

Em franco crescimento, decorrente da excelente receptividade que a proposta mereceu de praticamente todos os segmentos, a 3ª edição da Feira da Lua – uma realização da Prefeitura do Assú através da Sala do Empreendedor/Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia e diversos parceiros – deverá contar com a participação de algo em torno de 100 (cem) expositores que ocuparão o espaço do evento para comercializar seus produtos e serviços. O prognóstico é feito pelo secretário Luís Oliveira.

Segundo Wallison Farias, Agente de Desenvolvimento Municipal, devido à capilaridade alcançada pela realização, a 3ª Feira da Lua, neste sábado, dia 2, terá também a presença de participantes de Alto do Rodrigues Ipanguaçu, Itajá, São Rafael, Pendências, Carnaubais e Mossoró. Na parte cultural do evento constam os shows musicais com Artoni Gleibson e Nelsinho & Arthur Santos; a poesia matuta do poeta/trovador Paulo Varela; e, o espetáculo cênico do grupo de teatro amador Trupiniquim.

Luís Oliveira afirma que a programação será aberta às 16 horas com uma grande mobilização pelas ruas da cidade. Wallison Farias salienta que, na 1ª edição, a Feira contou com uma estrutura de 14 (catorze) barracas cedidas pela Secretaria de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação e 30 (trinta) mesas para os artesãos. A 2ª edição dispôs de 30 (trinta) barracas e 50 (cinquenta) mesas. Para esta 3ª edição, a expectativa é de cerca de 100 (cem) expositores, com uma estrutura de 58 (cinquenta e oito) barracas e 50 (cinquenta) mesas.

Ele destaca que, devido à credibilidade do trabalho da gestão Gustavo Montenegro Soares o evento atraiu apoios que vieram a somar de forma espontânea e que serão anunciados no local através de telão e agradecimento em cerimonial. São empresários locais, que doaram parte do custeio da estrutura da feira (bandas, banheiros químicos, som, algumas bancas, mesas e cadeiras). “Haverá uma carreata com os amantes de carros antigos, motociclistas, ciclistas, dentre outros, fazendo o chamamento dos populares para a Feira”, concluiu.

 Imagem: Deybson Werick/Assessoria