Facebook
TEMPO ASSÚ
Céu por vezes nublado
35°C
 
16 de julho de 2018 - Em:

Saúde adianta preparativos para vacinação contra paralisia infantil e sarampo

A Secretaria Municipal de Saúde, da Prefeitura do Assú, já trabalha nos detalhes para a deflagração da campanha de vacinação contra duas doenças que, alerta a coordenadora do Setor de Imunização, enfermeira Kadidja Paiva, são extremamente perigosas: sarampo e poliomielite (paralisia infantil).

Ela disse que, mais uma vez, será de fundamental que se tenha a colaboração dos pais e responsáveis para que a ação vacinal possa ter êxito e garantir a proteção dos menores contra tais males.

A coordenadora de Imunização da pasta de Saúde disse que, durante esta semana, o calendário e outros pontos relativos à campanha serão ultimados no âmbito da 2ª Unidade Regional de Saúde Pública (Ursap), com sede em Mossoró, a qual o município do Assú está jurisdicionado. Kadidja Paiva enfatizou que a vacina é muito importante, principalmente depois do surgimento de alguns casos das duas patologias no país.

É dever de todos vacinar as crianças e protegê-las contra estas doenças que, inclusive, podem ser fatais”, adverte.

Diante do risco da volta de doenças contagiosas graves consideradas erradicadas no Brasil – como sarampo e poliomielite –, o Ministério da Saúde decidiu mudar a estratégia de imunização.

Vai retomar o procedimento bem-sucedido nos 1980 e 1990: as campanhas específicas.

Este ano, de 06 a 31 de agosto (com o Dia D em 18 do citado mês), em vez da já tradicional campanha de multivacinação, o Brasil terá uma ação mais focada, contra a pólio e o sarampo.

Reitero que, para conseguirmos sucesso na vacinação, precisamos do apoio de pais e responsáveis”, disse Kadidja Paiva.