Facebook
TEMPO ASSÚ
Algum sol
26°C
 

Assú ocupa 1º lugar entre 30 principais cidades do Rio Grande do Norte no IGD

Relatório confeccionado pelo Governo Federal, por intermédio do Ministério do Desenvolvimento Social – MDS, apresenta o município do Assú na 1ª colocação dentre as 30 cidades mais expressivas do Rio Grande do Norte no Índice de Gestão Descentralizada – IGD. O dado é revelado pelo coordenador do Cadastro Único/Bolsa Família, na esfera da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação, da Prefeitura do Assú, Carlos Júnior (foto). O Assú ocupa o 1º lugar com um IGD número 91, soma dos indicadores obtidos pelas áreas consideradas determinantes pelo MDS: assistência social, educação e saúde.

No caso do Assú o IGD número 91 registrou o seguinte desempenho em cada um dos setores: assistência, 85; educação, 96; e, saúde, 98. Segundo Carlos Júnior, a avaliação obtida pelo município é consequência dos investimentos e da prioridade que a gestão Gustavo Soares tem direcionado às ações na alçada do Cadastro Único/Bolsa Família. “A administração municipal tem realmente aplicado recursos de forma efetiva no aperfeiçoamento das nossas atividades”, reforçou o coordenador. Assú lidera o ranking do IGD no estado à frente de cidades como Natal, Mossoró, São Gonçalo do Amarante, Parnamirim, dentre outras.

O IGD é um indicador desenvolvido pelo MDS que mostra a qualidade da gestão local do programa Bolsa Família e do Cadastro Único, refletindo os compromissos assumidos por estados – IGD-E, Distrito Federal e municípios – IGD-M ao aderirem ao programa. O índice varia entre zero e um. Quanto mais próximo de um, melhor o resultado da avaliação da gestão. Com base nesse indicador, o MDS calcula o valor dos recursos financeiros que serão repassados aos entes federados. Os recursos financeiros do IGD são transferidos diretamente aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios.

Imagem : Alex Silva/Assessoria