Facebook
15 de fevereiro de 2017 -

Dr. Gustavo discute com grupo empresarial investimento de R$ 200 milhões para o Assú

A ação de trabalhar a prospecção de investimentos que possam criar perspectiva de fomento econômico e a geração de emprego e renda para a mão de obra do município levou o prefeito Gustavo Soares a um importante compromisso na manhã desta quarta-feira, 15 de fevereiro, na capital do estado. Acompanhado de auxiliares, o chefe do Executivo reuniu-se com executivos do grupo empresarial Engie Brasil – Geração e Comercialização de Energia.

Participaram do encontro ao lado do prefeito os secretários executivos Nuilson Pinto (Infraestrutura) e Braz Barreto (Desenvolvimento Sustentável); e, os secretários Luís Oliveira (Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia) e Lúcio Flávio (Comunicação e Ouvidoria). A reunião aconteceu no interior do salão de conferências do hotel Best Western Premier Majestic, em Natal.

A Engie é a maior geradora privada de energia elétrica do país, operando uma capacidade instalada de 11.954 Megawatts em 29 usinas em todo o Brasil, o que representa cerca de 5% da capacidade do país. O grupo possui 85% de sua capacidade instalada no país proveniente de fontes limpas, renováveis e com baixas emissões de gases de efeito estufa, posição que tem sido reforçada pela construção de novas eólicas no nordeste do país. 

Dois dos executivos da Engie Brasil, Giuliano Pasquali e Karen Cristine Shröder, se encarregaram de expor o projeto de implantação de um completo fotovoltaico em do Assú, empreendimento orçado em R$ 200 milhões e com expectativa de entrar em funcionamento até dezembro de 2017. No contato com a missão municipal, os representantes da corporação empresarial pleitearam o apoio do Executivo ao projeto e sinalizaram com parceria para diversas ações de alcance social, ambiental, educativa e cultural.

Satisfeito com o diálogo, o prefeito Gustavo Soares exclamou: “Fico feliz com o aceno da Engie Brasil a uma parceria com o município para efetivar um projeto dessa magnitude, que terá como reflexo o progresso do Assú e o surgimento de oportunidades de ocupação e rendimento para nossa população que tanto precisa. Isso significa algo que vem ao encontro do que pregamos em praça pública: o Assú precisa mais do que crescer, o Assú necessita se desenvolver e fazer nosso povo progredir”.

Fotos: Assessoria



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras