Facebook
3 de fevereiro de 2019 - Em:

Gustavo Soares autoriza custeio de 100% do deslocamento de alunos para Angicos e Mossoró

Os estudantes de Assú que estudam em cursos acadêmicos e técnicos em Angicos e Mossoró estão sendo presentados pela Prefeitura Municipal: a partir deste ano a gestão arcará com 100% do custo do translado diário desta categoria para estas duas cidades. A medida foi autorizada pelo prefeito Gustavo Montenegro Soares e representa o resgate de um compromisso de campanha e um dos pontos do seu Plano de Governo.

Ao todo serão 406 (quatrocentos e seis) alunos que foram cadastrados ou recadastrados beneficiados com a decisão do chefe do Executivo: 201 (duzentos e um) que estudam em Angicos e 205 (duzentos e cinco) em Mossoró. A contribuição financeira para quem viaja a Angicos é no valor de R$ 80,00 (oitenta reais) enquanto que para Mossoró a quantia é de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais). O programa é gerenciado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação.

“Com imensa alegria e satisfação quero dizer à população do Assú e de modo especial aos estudantes que precisam sair da cidade para estudar em faculdades e escolas técnicas em Angicos e Mossoró que, a partir deste ano, a nossa administração custeará 100% o deslocamento destes alunos que se preparam para enfrentar a carreira profissional fora de nosso município”, registrou o prefeito Gustavo Soares.

“Com esta decisão estaremos resgatando mais um compromisso que consta no nosso Plano de Governo e com o qual fomos às ruas na campanha eleitoral de 2016. Fico extremamente feliz em poder ampliar esta ajuda financeira que, a partir de agora, atenderá 100% dos nossos estudantes, evitando que eles tenham maiores despesas para garantir a continuidade dos seus estudos, através dos quais eles estão construindo seu futuro. Serão mais de 400 alunos e alunas assuenses que serão integralmente custeados pela Prefeitura do Assú. Assim é que faz uma gestão de Gente Cuidando de Gente!”, concluiu.

Imagem: Reprodução



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras