Facebook
1 de março de 2018 - Em:

Investimentos sociais pautaram reunião entre Prefeitura e Engie Brasil Energia

Num encontro realizado na sede da empresa na tarde desta quarta-feira, dia 28, uma comitiva da Prefeitura Municipal do Assú tratou com executivos da Engie Brasil Energia, atuante no setor de geração de energia fotovoltaica, sobre importantes realizações financiadas pela corporação e que atenderão o município a título de compensações ambientais, em razão do grande investimento que o grupo empresarial realiza no território do Assú. Na oportunidade, o gestor da unidade operacional da Engie Brasil Energia no município, Rafael Caldeira, fez a apresentação dos projetos concebidos pela empresa que serão conveniados com a gestão.
A delegação do Poder Executivo foi constituída pela vice-prefeita Sandra Alves; o secretário de Meio Ambiente, Jonaelson Medeiros; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Luís Oliveira; a secretária de Educação e Cultura, Shirley Pinto; a secretária adjunta de Finanças, Aparecida Dantas; e, o Agente de Desenvolvimento Municipal, Walisson Farias. Também integrou a representação a vereadora Elizangela Albano. Além de Rafael Caldeira, a Engie se fez presente através do gestor de Meio Ambiente, Clécio Lima; e, membros da coordenação de Meio Ambiente e Projetos Sociais, Karine e Bárbara.
Na ocasião, Rafael Caldeira passou às mãos da vice-prefeita Sandra Alves os projetos relativos ao convênio a ser firmado entre a Engie e a Prefeitura. Tais ações, descreveu a secretária adjunta de Finanças, Aparecida Dantas, não gerarão qualquer ônus para o município, sendo integralmente custeadas pela empresa. Elas atendem a implantação de placas de captação de energia solar em escolas e Unidades Básicas de Saúde – UBSs; implementação de Quintais Produtivos que atenderão Bela Vista Piató e Professor Maurício de Oliveira; e, a aquisição de equipamentos para as três Casas de Idosos mantidas pela Prefeitura. O volume de investimentos é estimado em mais de R$ 1 milhão.

Imagens: Marcos Costa/Assessoria



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras