Facebook
TEMPO ASSÚ
Céu muito nublado
27°C
 
13 de novembro de 2019 -

Lei implanta classificação de risco e normatiza atendimento espontâneo na saúde

Foi instituída a implantação de Sistema de Classificação de Risco – CR e o acolhimento e atendimento espontâneo nos estabelecimentos de saúde da Rede de Atenção Básica no âmbito municipal do Assú. A materialização da medida se observou com a sanção do prefeito Gustavo Montenegro Soares à Lei nº 693, publicada no dia 7 de novembro através do Diário Oficial do Município. De acordo com informação da secretária municipal de Saúde, Viviane Lima, a medida vai ao encontro da instrução do prefeito de procurar garantir sempre mais qualidade na prestação dos serviços do setor à população assuense. “Esta medida terá impacto direto num atendimento mais padronizado e humanizado”, disse.

A CR, importante dispositivo adotado no processo de acolhimento de usuários no serviço de saúde, tem como objetivo organizar as filas de espera, bem como avaliar as necessidades de saúde dos indivíduos que demandam espontaneamente pelo serviço de saúde sem agendamento prévio, possibilitando que seja realizada a verificação da situação apresentada e orientando o fluxo corretamente ao paciente. No elenco de propósitos da CR e acolhimento, descritos na Lei, constam: produzir mudanças no modo do cuidar e novas formas de organizar o processo de trabalho; e, proporcionar a escuta qualificada ao usuário de saúde. A íntegra da Lei está disponível na aba “Diário Oficial” do portal eletrônico www.ssu.rn.gov.br.



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras