Facebook
TEMPO ASSÚ
Céu quase limpo
23°C
 
29 de junho de 2019 - Em: ,

Parceria entre Prefeitura-Engie deu origem a contrapartidas importantes para o Assú

As gestões propiciadas pela administração municipal para a implantação do empreendimento fotovoltaico capitaneado pela empresa Engie Brasil Energia em Assú se configuraram numa iniciativa de grande alcance socioeconômico, na medida em que se reverteram em contrapartidas de grande relevo para alguns setores do serviço público. A observação é feita pelo prefeito Gustavo Montenegro Soares, enfatizando que a postura do seu governo se norteou na diretriz de fomento às iniciativas que criem perspectiva de desenvolvimento.

O chefe do Executivo frisou que, a partir dos benefícios fiscais/tributários disponibilizados à empresa pela Prefeitura, significativos projetos sociais e ambientais estão sendo executados advindos das compensações. Dentre eles constam o apoio financeiro da Engie para a edificação da sede própria da APAE-Assú; a instalação de painéis solares nas escolas (os primeiros deles afixados na Escola Municipal Vereador Hermenegildo Bezerra de Oliveira, em Palheiros II); e, a Cozinha Comunitária da comunidade quilombola Bela Vista-Piató.

A redução da alíquota do Imposto Sobre Serviços – ISS proporcionou a instalação de painéis solares em três Unidades Básicas de Saúde – UBSs, totalizando 45,54 kWp. Dentro do entendimento com a gestão, a Engie também está envolvida no projeto “Quintais Produtivos”, que objetiva promover a produção de alimentos de forma fácil, econômica e saudável, junto aos moradores das comunidades Professor Maurício de Oliveira e Bela Vista-Piató. Outra ação que ganha visibilidade é o projeto “Capacitar”, focado na preparação de líderes comunitários e agentes públicos para o desenvolvimento de projetos socioculturais.

Imagens: Reprodução



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras