Facebook
TEMPO ASSÚ
Céu quase limpo
21°C
 
4 de janeiro de 2018 - Em:

Prefeito Gustavo Soares autoriza hoje obra orçada em mais de R$ 380 mil

Ponto em prática o que declarou em sua última entrevista à imprensa da cidade, em dezembro passado, de que após o ano de 2017 em que o Executivo esteve debruçado em toda uma rearrumação administrativa e financeira, e que 2018 seria um ano de ações de relevo de seu governo, o prefeito Gustavo Soares expede nesta quinta-feira, dia 4, às 16 horas, a Ordem de Serviço para um empreendimento de infraestrutura: a pavimentação a paralelepípedos da Rua Musicista Samuel Sandoval da Fonseca, no bairro Novo Horizonte (IPE).

O investimento é da ordem de R$ 380.017,11 e a obra foi licitada ainda em 2016. Fruto de emenda parlamentar inserida no Orçamento Geral da União – OGU, o aporte financeiro correu o risco de não ser liberado por conta de uma série de problemas burocráticos que deixaram de ser equacionados pela gestão passada. O prefeito teve que manter gestões pessoalmente em Brasília para superar os entraves e assegurar o aproveitamento da emenda, explica o secretário municipal de Obras Públicas, Marcelo Galvão.

“Desde o início de seu mandato o prefeito deixou claro publicamente que está imbuído de prosseguir com as ações administrativas que foram encontradas paradas ou às voltas com obstáculos legais e esta emenda é um exemplo desta atitude. Dr. Gustavo afirma que pretende dar continuidade a todas as realizações que estejam nesta situação, porque acima de questões menores está o desejo dele de garantir que os investimentos cheguem à população”, acrescentou o secretário executivo de Infraestrutura, Nuilson Pinto.

Com 50% (cinquenta por cento) da dotação financeira em caixa, a Prefeitura do Assú iniciará imediatamente os serviços de pavimentação e drenagem superficial da etapa complementar da referida artéria. O referido trecho urbano será dotado de paralelepípedos rejuntados com britas e emulsão asfáltica RR2C-Bripar. Sob a responsabilidade da empresa S. B. da Silva, vencedora da licitação pública com tal finalidade, a obra possui prazo de execução de 120 (cento e vinte) dias contados a partir da emissão da Ordem de Serviço.

Imagem: Ilustração/Assessoria