Facebook
20 de maio de 2017 -

Prefeito Gustavo Soares garante reconhecimento legal de utilidade pública à AAL

O prefeito Gustavo Soares sancionou a lei que reconhece como de utilidade pública a AAL-Academia Assuense de Letras. O ato que legitimou tal reconhecimento foi publicado no DOM-Diário Oficial do Município nº 3.179, veiculado pelo site oficial da Prefeitura da ultima quinta-feira, dia 18.

O ato de sanção sucedeu à aprovação da lei pela Câmara de Vereadores. “A Academia Assuense de Letras surgiu para ocupar um espaço importante no esforço para preservar e manter viva a memória cultural, literária, poética e artística do município”, declarou o chefe do Executivo municipal.

Fundada em 23 de janeiro de 2015, a AAL se constitui numa associação civil, sem fins econômicos, que tem a finalidade de cultivar, preservar e a divulgar a literatura. O colegiado atualmente possui 14 membros, de um total de 40 cadeiras, e hoje é presidida pelo professor e cronista e escritor Francisco José Costa dos Santos.

Imagem: Ilustração



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras