Facebook
18 de julho de 2018 - Em:

Prefeito Gustavo Soares vistoriou obras de edificação de UBSs

Em companhia da secretária de Saúde, Viviane Lima, outros membros da Prefeitura, além dos vereadores Elizangela Albano, Paulo Brito, Wedson Nazareno, Fabielle Bezerra e Matheus do Frutilândia, o prefeito Gustavo Soares visitou na manhã desta terça-feira (17), três das cinco Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que estão sendo construídas pela atual administração e que representam o compromisso do gestor de garantir a execução de investimentos que foram deixados inacabados.

Ao lado dos auxiliares e dos legisladores, o prefeito municipal do Assú inspecionou pessoalmente as futuras instalações físicas das UBSs de Parati 2000, Frutilândia e Lagoa do Ferreiro.

Estamos reafirmando nosso objetivo de concluir destas obras”, disse.

Estas obras concretizam o que dissemos em praça pública e que asseguramos à população, no sentido de finalizar as obras e entregá-las à sociedade. Estamos resgatando a palavra empenhada” completou Gustavo Soares.

Representa uma dotação financeira de exatamente R$ 1.472.617,76 o valor global do empreendimento ordenado pelo chefe do Executivo municipal assuense para a estruturação das cinco UBSs no município.

Os contratos com as empresas que executarão os serviços de engenharia tiveram publicação através do exemplar do dia 14 de junho passado, do Diário Oficial do Município (DOM).

As UBSs ora em estruturação se localizam no Parati 2000, Feliz Assú, Bela Vista, Frutilândia e Lagoa do Ferreiro.

A UBS do Parati está sendo edificada pela empresa Alfa Ômega Construções Ltda., no valor de R$ 473.282,67.

As UBSs do Feliz Assú e do Bela Vista estão sendo construídas pela New Construtora Ltda.-EPP, com orçamento de R$ 431.837,35.

A UBS do Frutilândia é erigida pela firma Inove construções Ltda., na quantia de R$ 350.381,81.

E, finalmente, a UBS da Lagoa do Ferreiro está sendo tocada pela empresa Construção e Serviços Alfa Ltda.-EPP, com dotação de R$ 217.115,93.

Imagens: Marcos Costa/Assessoria 



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras