Facebook
TEMPO ASSÚ
Céu quase limpo
21°C
 
13 de dezembro de 2017 - Em:

Prefeitura anuncia data para licitação visando restauração de canal pluvial

Através da edição de segunda-feira, dia 11, do Diário Oficial do Município-DOM, se observou a publicação do aviso, assinado pela presidente da Comissão Permanente de Licitação-CPL, da Prefeitura do Assú, Elisângela Eufrásio Dantas Félix, definindo para o dia 27 deste mês, uma quarta-feira, às 9 da manhã, na sede do citado órgão municipal, a licitação – Tomada de Preço nº 006/2017 – objetivando a contratação de empresa do ramo da construção civil para recuperação e construção de canal de esgoto.

Num investimento estimado em R$ 100.000,00 (Cem mil reais), com recursos da arrecadação própria do município, a obra de completa restauração estrutural do escoadouro existente na Rua Clara Macedo já teve seu projeto arquitetônico elaborado e, agora, o Poder Público promoverá o processo licitatório. A notícia é dada pelo secretário municipal de Obras Públicas, Marcelo Galvão. “A instrução do prefeito Gustavo Soares foi tratar este assunto com prioridade e, agora, podemos afirmar que o serviço que será feito resolverá definitivamente os problemas da bueira”, disse ele.

O secretário disse que as providências para a estrutura não ocorreram dentro da rapidez desejada porque a primeira tentativa de captar recursos para sua recuperação na instância da Fundação Nacional de Saúde-FUNASA não logrou êxito. “Infelizmente, não conseguimos viabilizar o aporte financeiro na FUNASA, mas, de imediato, o prefeito Gustavo Soares determinou que assumíssemos o projeto para equacionar o problema e atender ao apelo dos moradores e evitar que um dano maior fosse causado”, contou Marcelo Galvão, dizendo crer que será possível iniciar os trabalhos antes da chegada das chuvas.

Adiantou que o projeto confeccionado pelo setor de Engenharia também contempla sugestões feitas pelos moradores da Rua Clara Macedo. O empreendimento será executado em duas fases. A primeira etapa compreenderá a revitalização da estrutura ora comprometida. O estágio complementar abrangerá o setor da Rua Bernardo Vieira até a área do Córrego assuense. “A futura estrutura da bueira, além de garantir o fluxo de águas pluviais, também será dotada de equipamentos que evitarão, por exemplo, que se jogue lixo e outros detritos em geral dentro do canal”, finalizou o secretário municipal.

Imagens: Arte/Sec. de Obras Públicas