Facebook

Prefeitura reafirma compromisso com núcleo de defesa à mulher vítima de violência

O compromisso que foi firmado pelo prefeito do Assú, Gustavo Montenegro Soares, durante encontro com a governadora Fátima Bezerra, dia 23, na Governadoria, em Natal, no sentido de que o município seja parceiro da proposta de instalação de uma unidade especial de acolhimento a mulheres que sofram qualquer espécie de violência, foi reafirmado pela administração num novo encontro em torno do tema, realizado na manhã desta sexta-feira, dia 27. A reunião ocorreu no gabinete do chefe do Executivo, com a presença, além da gestão, de representantes do Governo do Estado, Câmara de Vereadores, OAB/RN, grupo Nova Mulher, dentre outras entidades e instituições.

Um dos encaminhamentos da reunião foi a criação de um Grupo de Trabalho que, dentre outras atribuições, terá a tarefa de formatar o modelo de parceria que será efetivado para garantir a implantação da Sala Lilás, que é um espaço criado para prestar atendimento especializado e humanizado às mulheres vítimas de violência física e sexual. O local será equipado para fazer exames periciais e possui uma equipe multidisciplinar composta por policiais, assistentes sociais e enfermeiras para realizar os atendimentos especializados. A integração dos serviços pretende ajudar as vítimas a se sentirem mais à vontade para relatar e falar sobre a violência sofrida.

Estiveram presentes ao encontro o secretário municipal de Governo da Prefeitura do Assú, Clebson Corsino; o presidente do Poder Legislativo assuense, vereador Francisco de Assis Souto (Tê); a presidente da subseção da OAB/RN-Assú, advogada Danielle Diniz;  a Assessora Especial do Governo do Estado, Inês Almeida; a secretária estadual de Mulheres, Juventude, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Arméli Brennand; a delegada geral de Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva Gomes; a coordenadora do grupo Nova Mulher, Fátima Costa, dentre outros. “O governo do Dr. Gustavo reitera sua atenção com esta causa tão importante”, disse Clebson Corsino.

Imagens: Alex Silva/Assessoria



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras