Facebook
TEMPO ASSÚ
Algum sol
26°C
 
11 de maio de 2018 - Em:

Retomada de empreendimento que aquecerá economia regional foi discutida

O reinício das obras de engenharia de um projeto de implantação de linhas de transmissão e uma subestação de energia, empreendimento que foi iniciado pela Abengoa em Assú e que estava imobilizado em decorrência de problemas legais desta empresa, pautou um encontro realizado na tarde desta quinta-feira, dia 10, no gabinete do prefeito Gustavo Soares. Os investidores Milton Ferreira, sócio-diretor da Soma Ambiente, e Marcos Rosalinski, engenheiro eletricista da Cesbe S/A – Engenharia e Empreendimentos, comunicaram ao chefe do Executivo a retomada do investimento, capaz de estimular a ocupação de mão de obra e economia locais.

O prefeito se fez acompanhado na oportunidade da vice-prefeita Sandra Alves e do Consultor de Projetos do município, Nuilson Pinto. Os investidores transmitiram que o novo conglomerado empresarial se responsabilizará pela complementação do projeto deixado inconcluso pela Abengoa. A Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel realizou, dia 15 de dezembro de 2017, leilão de concessões para a construção, operação e manutenção de 4.919 km de linhas de transmissão e de subestações com capacidade de transformação de 10.416 mega-volt-amperes – MVA em dez estados, entre eles o Rio Grande do Norte.

O leilão foi dividido em onze lotes, com investimento previsto de R$ 8,7 bilhões e geração de 17,9 mil empregos diretos. O lote no estado foi vencido pela Cesbe Participações S/A com uma oferta de R$ 14,4 milhões. Esse lote possui uma subestação com 1.800 MVA de potência e tem como objetivo a expansão da rede básica para escoamento da geração eólica na região Nordeste. O prefeito Gustavo Soares comemorou o fato: “Fico satisfeito com a notícia de que este grande empreendimento recomeçará até sua conclusão e espero que nosso município saia ganhando com esta realização em todos os aspectos”.

Imagem : Marcos Costa/Assessoria