Facebook
TEMPO ASSÚ
Céu quase limpo
23°C
 
10 de maio de 2019 - Em:

Reunião tratou de ação de coleta de embalagens vazias de agrotóxicos em Assú

A sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, da Prefeitura do Assú, foi palco de um encontro realizado nesta quinta-feira, dia 9, em que se debateu o alinhamento de intenções objetivando a realização de uma etapa de Recebimento Itinerante de recipientes secos de produtos agrotóxicos. O tema foi tratado entre os integrantes da pasta e o gerente da Central Campo Limpo do Rio Grande do Norte e secretário executivo da Acasa, em Mossoró, Antônio Gomes Batista. Foi definido que a etapa do Assú será realizada dia 8 de junho, um sábado.

“É uma ação importante e que já ocorreu antes na cidade e que agora está sendo retomada”, frisou o secretário Marcelo Galvão. Além dele e do representante da Central Campo Limpo, cuja unidade se localizada na RN-015, Km 9, no Distrito Industrial de Mossoró, participaram da reunião a secretária adjunta Luana Fernandes; o diretor executivo Alexandre Macedo; e, o coordenador executivo Pierre Gouveia. O Recebimento Itinerante tem como objetivo facilitar a devolução das embalagens vazias de agrotóxicos pelos produtores de Assú e do seu entorno.

O secretário Marcelo Galvão adiantou que o provável ponto de recepção do material será a Rádio Princesa do Vale FM, centro da cidade. As embalagens de defensivos agrícolas são classificadas em dois grandes grupos: laváveis e não laváveis. As embalagens laváveis são rígidas (plásticas, metálicas ou de vidro) e servem para acondicionar formulações líquidas para serem diluídas em água. Entre as embalagens rígidas, as plásticas predominam. As metálicas, geralmente representadas pelos baldes de folha de aço, representam apenas 10% de todo o volume de embalagens agrícolas no Brasil.

Imagens: Alex Silva/Assessoria



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras