Facebook
28 de janeiro de 2016 - Em:

Secretaria Municipal de Saúde informa sobre Microcefalia

Diante do aumento do número de casos de microcefalia associada ao zika vírus, e com o objetivo de esclarecer as dúvidas da população sobre essa doença, a Secretaria de Saúde está divulgando orientações a todos os assuenses sobre a microcefalia.

O que é Microcefalia?

É uma má-formação que faz com que a cabeça de um recém-nascido meça menos de 32 centímetros, fazendo com que o cérebro não se desenvolva adequadamente. Após o nascimento, os bebês são submetidos a exames de rotina, entre eles a medição do perímetro encefálico da criança.

 O que causa Microcefalia?

 A microcefalia pode ser causada por diversos fatores, como ingestão de álcool e drogas durante a gestação ou quando é infectada por bactérias e vírus, sendo a toxoplasmose e a rubéola as causas mais comuns.

 Há sequelas?

Como o cérebro não se desenvolve, há um risco muito grande de a má-formação refletir em quadros de retardo mental ou atraso no desenvolvimento neurológico e motor da criança.

 Há tratamento?

Não existe tratamento, mas é possível minimizar as sequelas com acompanhamento pediátrico e neurológico.

Está confirmado que o Zika Vírus é o causador do aumento de casos de Microcefalia no País?

Sim. O Ministério da Saúde confirmou no dia 28 de novembro que existe relação entre o vírus zika e os casos de microcefalia no país.

 Quem é o transmissor do Zika?

O mosquito Aedes aegypti, que também transmite a dengue e a chikungunya.

Como está a situação do Rio Grande do Norte com essas doenças?

No Rio Grande do Norte, até 23 de janeiro, foram notificados 208 casos suspeitos; destes, 133 estão em investigação, com 60 casos confirmados de microcefalia associada ao zika vírus, e 15 casos descartados.

Como ocorre a Contaminação?

Geralmente, o mosquito pica uma pessoa com um dos vírus e é infectado. Ao picar outra pessoa, transmite o vírus, que não é passado de uma pessoa para a outra. Fique atento, o mosquito costuma a atacar no início da manhã e no final da tarde.

Como combater o mosquito?

Embora as fêmeas do Aedes aegypti tenham preferência por depositar os ovos em recipientes com água limpa, elas também podem coloca-los em criadouros com água suja e parada. Portanto, deve-se eliminar qualquer reservatório de água parada, limpa ou suja.

SEACOM



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras