Facebook
16 de março de 2018 - Em:

Segmento contábil é chamado a atuar em favor de captação de recursos para ações sociais

A classe profissional dos contabilistas e contadores do Assú poderá agir como peça intermediária junto à sua clientela na intenção de sensibilizá-la a contribuir, na forma de renúncia fiscal, com investimentos sociais executados pela Prefeitura Municipal em benefício de crianças, idosos, portadores de necessidades especiais, pessoas socialmente vulneráveis, etc. Esta proposta, encampada pela Sala do Empreendedor – fruto de parceria construída pela administração Gustavo Soares/Sandra Alves e o escritório regional do SEBRAE/RN –, foi exposta num encontro com membros da referida categoria, na última terça-feira, dia 13.
A Prefeitura se fez representada nesta oportunidade pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Luís Oliveira, e pela secretária adjunta de Finanças, Aparecida Dantas. A reunião teve a participação, ainda, de membros da Incentive Projetos e Eventos, responsável pela coordenação do Projeto Capacitar, uma iniciativa da Engie Brasil Energia e do BNDES, cujo objetivo prioritário gerar a troca de informações entre entidades, órgãos governamentais, empresários e comunidade em geral.
O Projeto Capacitar absorve temas ligados ao desenvolvimento de projetos vinculados a mecanismos de incentivos fiscais federais, que visem promover a melhoria da qualidade de vida da população, por meio da capacitação de seus líderes e agentes do primeiro, segundo e terceiro setor da economia. Luís Oliveira destacou que o foco serão os clientes Pessoa Física da classe contábil que se enquadrem na Declaração de Imposto de Renda na modalidade completa e clientes Pessoa Jurídica com Declaração de Imposto de Renda na modalidade lucro real.

Imagem : Alex Silva/Assessoria



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras