Facebook
9 de dezembro de 2017 - Em:

Setor de saúde pública do Assú está integrado à campanha Dezembro Vermelho

Através do Setor de DIST/AIDS, da Secretaria de Saúde, o município do Assú está engajado à campanha Dezembro Vermelho. Conforme informação de Rosa Alves, coordenadora do referido núcleo especializado, o órgão – instalado no interior do Centro Clínico Dr. Ezequiel Epaminondas da Fonseca Filho – está de portas abertas, de segunda a sexta, de 7 às 13 horas, para atender a todos os interessados em informações gerais sobre a campanha e o trabalho que aqui é desenvolvido na área de DST/AIDS.

Rosa Alves afirma que, mais do que simplesmente repassar detalhes, o núcleo está à disposição para prestar alguns serviços. Um deles, o teste rápido para identificar se o paciente é soropositivo (portador do vírus HIV, responsável pela transmissão da doença). A unidade de DST/AIDS também dispõe de estoque de preservativos para distribuir gratuitamente à população em geral. “A prevenção ainda continua sendo o método mais eficaz de evitar contrair a AIDS”, enfatizou Rosa Alves.

A técnica em saúde reforçou o alerta no tocante a prevenção, revelando que, segundo dados que colheu quando da última capacitação ocorrida na 2ª Unidade Regional de Saúde Pública-URSAP, em Mossoró, tem apresentado evolução o quadro de pessoas infectadas pelo vírus HIV em Assú. A estatística oficial da 2ª URSAP põe o município em 2º lugar na incidência da doença – atrás de Mossoró e à frente de Baraúna, 1º e 3º lugares, respectivamente. Contou que, de janeiro a novembro, foram oficialmente constatados 6 (seis) novos casos de AIDS em Assú.

A partir deste ano de 2017, o Brasil terá todo ano uma ação voltada para prevenção ao HIV/Aids e outras infecções sexualmente transmissíveis. Batizada de Dezembro Vermelho, a campanha, instituída pela Lei Federal nº 13.504, tem o intuito de chamar a atenção para as medidas de prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas vivendo com HIV. A escolha do mês foi em função do Dia Mundial de Luta contra a AIDS, celebrado no dia 1º de dezembro.

Imagem: Ilustração/Assessoria