Facebook
29 de agosto de 2018 - Em:

Chefe de Arrecadação diz que curso foi válido para confecção da PGV

A Prefeitura do Assú conquistou um expressivo aliado para implementar a Planta Genérica de Valores – PGV no município com os conhecimentos adquiridos por três profissionais do quadro de pessoal efetivo da Secretaria Municipal de Tributação nos dois módulos do curso “Engenharia de Avaliações de Imóveis Urbanos com Aplicação de Inferência Estatística Avançada”. Quem opina é o chefe de Arrecadação da pasta, Aldenor Nogueira, que foi um dos participantes da capacitação, ocorrida dias 13, 15 e 16 de junho (primeira etapa) e 23, 24 e 25 de agosto (segunda etapa) na capital do estado. Além dele, se integraram ao treinamento os técnicos administrativos Antonio Railson e Werverson Kadson.
A formação proporcionou aos participantes conhecimentos básicos de engenharia de avaliações através de explicações de conceitos e aplicação dos critérios fixados pela Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT-NBR. Aldenor Nogueira declarou a PGV é um instrumento essencial para que o poder municipal tenha condições de cobrar dos contribuintes o valor justo sobre a propriedade, devido ao ajuste do valor venal dos imóveis ao valor real de mercado. A PGV é formulada com a utilização de cálculos que possibilitam a obtenção dos valores venais dos imóveis urbanos de um município, a partir da avaliação individual de cada propriedade, para fins de cobrança tributária.
Imagem: Ilustração


 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras