Facebook
16 de julho de 2018 - Em:

Município do Assú faz gestões em defesa da reativação da Operação Pipa

Informa o secretário de Meio Ambiente e coordenador da Comissão Municipal de Proteção e Defesa Civil em Assú, Jonaelson Medeiros, que o município já levou à esfera da coordenação estadual de Proteção e Defesa Civil, em Natal, a preocupação pelo fato de o Exército Brasileiro ter paralisado a distribuição de água às áreas onde há mais carência do líquido, através da Operação Pipa.

Adiantou que idêntica manifestação será encaminhada ao Ministério da Integração Nacional, gestor financeiro da Operação Pipa, em Brasília.

Ele afirma que esta postura reivindicatória atende recomendação dada pelo prefeito Gustavo Montenegro Soares. Jonaelson Medeiros afirma que o município está rigorosamente em dia com as obrigações que lhe cabem para assegurar a continuidade da ação emergencial que beneficia dezenas de povoações rurais do Assú.

Tudo o que é de competência do município está plenamente correto e, agora, procuramos uma explicação para saber por que razão o Assú – assim como outras cidades do estado – foi excluída da Operação Pipa”, afirma.

Imagem: Ilustração/Assessoria



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras