Facebook
21 de março de 2018 - Em:

Projeto Quintais Produtivos contempla 17 famílias e injeta mais de R$ 80 mil na economia

Ação lastreada em recurso advindo do Subcrédito Social do BNDES vinculado à instalação de uma usina da Engie Brasil Energia, em Pirassununga – SP, que teve esse aporte direcionado para Assú, o projeto Quintais Produtivos, abrangendo famílias de pequenos produtores rurais das comunidades Professor Maurício de Oliveira e Bela Vista Piató, já se faz sentir positivamente na economia do município. Todos os insumos utilizados no projeto estão sendo adquiridos no mercado local pela Incentive Projetos e Eventos Ltda.-ME, contratada pela Engie para tal atividade, que se dá de forma integrada com a Prefeitura do Assú.
De acordo com informação da secretária adjunta de Finanças, Aparecida Dantas, a expectativa é que todo o material do projeto possa ser integralmente adquirido nos estabelecimentos comerciais do Assú. A secretária frisou que isto já é um reflexo positivo da parceria entre a Prefeitura e a Engie. Os itens do investimento na criação de galinha caipira, envolvendo um total de 17 (dezessete) famílias, totalizarão R$ 2.265,00 por família, perfazendo a quantia global de R$ 38.505,00. A planilha referente às hortas comunitárias, que compreende o mesmo quantitativo de famílias, soma individualmente R$ 2.834,21 e, no total, R$ 48.181,57.
Aparecida Dantas frisou que 50% (cinquenta por cento) dos produtos necessários ao projeto Quintais Produtivos já foram comprados pela Incentive. A operacionalização do projeto é objeto de todo um processo de capacitação dos beneficiários. O primeiro curso-oficina foi realizado de 12 a 16 deste mês, com o título “Empreendedorismo/Educação Ambiental – Gestão de Pequena Propriedade Rural – Organização e Gestão”, envolvendo as comunidades citadas. O segundo módulo/treinamento ocorrerá de 21 a 23 de março, nas duas povoações, com a temática “Manejo Ecológico do Solo”. O roteiro vai prosseguir até o mês de maio.

 Imagem : Assessoria/Reprodução



 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras